Devocional Diário: Viciados

Agora vos rogo, irmãos (sabeis que a família de Estéfanas é as primícias da Acaia,
e que se tem dedicado ao ministério dos santos). —1 Coríntios 16:15

Você já ouviu falar de benzina? De nicotina, maconha, cocaína, heroína
ou crack? Há uma coisa que todos estes têm em comum: criam dependência
em seus usuários. Pessoas viciadas desenvolvem um desejo quase incontrolável
por estas substâncias. Muitos viciados fazem de tudo para conseguir
estas drogas. É a sua obsessão, a única coisa em que conseguem pensar.
Quero acrescentar mais uma coisa à lista de elementos viciantes: o
ministério. São poucos os que apresentam este vício.

O nosso versículo chave fala de Estéfanas e sua casa. Algumas traduções
os descrevem como sendo viciados em ministrar aos santos. Eles eram a
primeira família de cristãos na Acaia, batizados pelo apóstolo Paulo. Na
sua carta aos coríntios, Paulo fala da capacidade que tinham de enxergar as
necessidades dos outros e fazer tudo ao seu alcance para supri-las.
A igreja na Macedônia apresentava qualidades semelhantes. O motivo
da sua ministração extraordinária encontra-se em 2 Coríntios 8:5. Eles
entregaram-se a servir primeiramente a Deus, depois às necessidades dos
outros e por último a si mesmos. Mesmo que passassem por grandes tribulações
e necessidades, o gozo do Senhor nos corações os impelia a contribuir
voluntariamente tudo que tinham capacidade de dar. Se tinham abundância
de qualquer coisa, compartilhavam com os necessitados.

Procuremos seguir o exemplo destes irmãos que foram esteios na
igreja primitiva. Primeiro, dediquemo-nos inteiramente a Cristo, depois
entreguemo-nos a servir aos necessitados.

É preciso fazer mais do que só tentar, é preciso se viciar no servir!

Lavon Miller – Mack, Colorado, EUA