Missa em memória das vítimas da bomba atômica de Hiroshima

Missa em memória das vítimas da bomba atômica de HiroshimaFoi celebrada neste domingo, 5 de agosto, uma missa em memória das vítimas da bomba atômica que matou milhares de japoneses na cidade de Hiroshima, em 6 de agosto de 1945 – logo após a Segunda Guerra Mundial.

O secretário emérito do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, Dom Pier Luigi Celata, concelebrou a missa, junto ao Bispo de Hiroshima, Dom Thomas Aquino Maeda, na Catedral de Hiroshima.

Dom Celata destacou que a “coragem e determinação” dos moradores da cidade “transfigurou aquela página profundamente obscura da história da humanidade e fizeram dela um luminoso ponto de referência no qual nutrem-se a confiança e a esperança em um mundo melhor”.

O representante vaticano disse que no coração de cada ser humano “se esconde a tentação do egoísmo, domínio, abusos e acúmulo de bens, frequentemente por meio de enganos, da violência e da guerra”, mas fez um apelo a todos os fiéis e pessoas de boa vontade: “devemos reagir a tal risco colocando-nos a serviço da paz, alicerçados por valores espirituais das nossas tradições”.

Dom Celata também visitou o Museu da Bomba Atômica que foi lançada pelos Estados Unidos há 67 anos atrás em Hiroshima.

Fonte: Canção Nova