Relicário contendo o sangue João Paulo II foi roubada e encontrada em seguida

Relicário contendo o sangue João Paulo II foi roubada e encontrada em seguidaNesta terça-feira, 28 de agosto, foi furtado o relicário que contem sangue do Beato Papa João Paulo II.

Esse episódio aconteceu em Marina di Cerveteri (Itália), quando o trem se deslocava para um Santuário ao norte de Roma.

O responsável pelo transporte do relicário era o Padre Augusto Baldini, onde contou aos policiais que três homens veio a aborda-lo fazendo uma serie de perguntas, e depois desceram do trem. Quando o padre parou na estação desejada, reparou que estava sem a mochila que estava o relicário.

Poucas horas depois do ocorrido, as autoridades encontraram a relíquia entre arbustos perto da estação da ferrovia de Marina di Cerveteri, contudo sem identificar os ladrões.

Na ampola “está guardado o sangue extraído do Papa depois do ataque de 13 de maio de 1981”, explicou o sacerdote.

A relíquia foi exposta à veneração pública pela primeira vez no dia 1 de maio de 2011, durante a beatificação do Papa João Paulo II, falecido no dia 2 de abril de 2005.

Fonte: ACID