Santa Joana

Dia 12 de maio

História: Santa Joana nasceu no dia 6 de fevereiro de 1452. Era filha de Dom Afonso V, rei de Portugal.

Órfã de mãe aos 15 anos, tomou os encargos do governo da casa real. Filha primogênita do rei D. Afonso V, Santa Joana possuía grande beleza e personalidade marcante.

Exerceu a regência do Reino quando seu pai foi à frente de uma esquadra conquistar Arzila e Tânger, na África. Desejosa de se consagrar a Deus na Ordem dominicana, precisou vencer a resistência do pai e de seu irmão D. João (futuro D. João II) que desejavam um casamento vantajoso para ela.

Embora pretendida por muitos príncipes, entre eles o filho de Luis XI da França, para espanto de todos, em 1471 recolheu-se temporariamente no mosteiro de Odívelos. Santa Joana conseguiu ingressar no convento dominicano de Aveiro, mas devido a sua frágil saúde viu-se impedida.

Continuou passando no convento a maior parte do seu tempo, conservando o hábito religioso; mesmo quando estava fora do convento praticava eximiamente a regra da Ordem.

Levava vida penitente, usando cilício sob as vestes reais e passando as noites em oração. Jejuava freqüentemente e como divisa ou insígnia real usava uma coroa de espinhos.  Os pobres, os enfermos, os presos, os religiosos viam nela a sua protetora e amparo.

Conservava um livro onde ela anotava os nomes de todos os necessitados, o grau de pobreza de cada um e o dia em que deveria ser dada a esmola. Por ocasião da semana santa, lavava os pés de doze mulheres pobres e as presenteava com roupas, alimentos e dinheiro. Dali foi para o mosteiro de Aveiro, onde viveu despojada de tudo até a morte, no dia 12 de maio de 1490 e foi beatificada em 1693.

Oração da Santa Joana: Ó Deus, que concedestes grandes graças a vossa serva, Santa Joana, dai-me também a mim ser desprendido das coisas deste mundo e viver com maior ardor a caridade evangélica. Concedei-me, pela intercessão de Santa Joana, a graça que tanto necessito. Por Cristo Senhor Nosso,amém. Santa Joana, rogai por nós.

Devoção: Ao desprendimento e à perfeição espiritual

Padroeiro: Dos pobres necessitados

Outros Santos do dia: São Nereu e Aquiles e Pancrácio (invocado nas câimbras), São Domingosa de Calçada, Pancrácio, Dionísio Casto e Cássio, Ciríaco, Máximo e Grato (márts); Filipe Argirião (confs); Germano, Epifânio, Emílio e Desejado (Bispos); Gema (Virgem); Cúngaro (eremita).