Santa Rosa de Lima

Dia 23 de agosto

História: É a primeira santa do Novo Mundo. Seu nome era Isabel Flores y Oliva, mas era chamada de Rosa por causa de sua extraordinária beleza.

Filha de pais espanhóis arruinados, Santa Rosa de Lima desde cedo conheceu as dificuldades da luta pela sobrevivência, trabalhando no campo e costurando até altas horas.

Aos 20 anos, ingressou na Ordem e levou uma vida de total abandono à vontade de Deus. Obteve a licença de emitir os votos religiosos em casa, como terciária dominicana.

Construiu no fundo de sua casa uma pequena cela, vivendo em profundo contato com Deus e alcançando, assim, um alto grau de vida contemplativa e experiência mística.

Distinguiu-se por sua grande caridade com os índios e negros. Morreu aos 31 anos, depois de grave enfermidade, no dia 24 de agosto de 1617, conforme havia previsto.

Oração da Santa Rosa de Lima: Concedei-nos, Ó Deus onipotente, sermos sempre fiéis apóstolos de Vossa imensa Misericórdia. Concedei-nos, por intercessão de Santa Rosa de Lima, o Dom da humildade e da perseverança final. Santa Rosa de Lima, rogai por nós.

Devoção: À vida contemplativa, caridade com índios e negros

Padroeiro: Das flores, Peru, América Latina e Ilhas Filipinas

Outros Santos do dia: Outros santos do dia: Filipe, Benício (cf); Ciríaco, Máximo, Arquelau (Márts); Flaviano e Zaqueu (bispo); Restituto, Donato, Valeriano, Frutuosa, Cláudia, Astério, Neão, Apolinário, Minervo, Eleazar, Lobo, (Márts).