Santo Antonino de Florença

Dia 10 de maio

História: Nomeado arcebispo de Florença, Santo Antonino de Florença fugiu para não ter que assumir o cargo, mas foi encontrado e teve por força que aceitá-lo.

Revelou-se um grande arcebispo, cheio de zelo e espírito apostólico. Santo Antonino de Florença combateu o neo-paganismo renascentista e defendeu o Papado no Concílio de Basiléia.

Deixou escritos teológicos de valor. Tal era sua fama de santidade no tempo em que vivia que, certa vez, o Papa Nicolau V declarou em público que o julgava tão digno de ser canonizado ainda vivo quanto São Bernardino de Sena, que acabava de ser elevado às honras dos altares.

Homem de grande cultura e virtudes exímias: Santo Antonino, que teve sempre enorme aceitação entre o povo. A ele deve-se não apenas a fundação convento de São Marcos, célebre em Florença, como também os preciosíssimos afrescos de Angélico.

São verdadeiros monumentos históricos, marcados por raro valor artístico. O povo costumava chamar o seu arcebispo de “Antonino dos Bons Conselhos”. A obra escrita que nos deixou prova suficientemente que o povo tinha razão.

Oração de Santo Antonino de Florença: –

Devoção: Aos santos conselhos

Padroeiro: Dos bons conselhos

Outros Santos do dia: São João de Ávila,(presb); Aureliano, Agatão, Cataldo (bispos); Afrodísio, Gordiano, Epímaco (mártires); Jó (porf); Calopódio (presb); Palmácio, Simplício, Félix, Branda, Álfio, Filadélfia, Cirino, Descórides (mártires); Amaro, Concepta (confs); Ubaldo (bispo); São Isidoro, (padroeiro dos lavradores).