Santo Turíbio de Mongrovejo

sao turibio mongrovejoDia 23 de Março

História: Podia-se dizer que Santo Turíbio de Mongrovejo era um privilegiado: nada lhe faltava material ou familiarmente. Preparava-se para ingressar em Direito. Durante este tempo recebeu a nomeação para o Santo Ofício em Granada, indicado por Felipe II para ser arcebispo de Lima, antes de se tornar padre. Realmente, sua vida distinguia-se pela honestidade, limpeza mas jamais poderia suspeitar que Deus o chamava para um grande ministério.

Estava com quarenta e um anos de idade e a partir desse momento nasce um dos maiores apóstolos da História da Igreja. Calcula-se que percorreu a pé ou a cavalo, mais de quarenta mil quilômetros visitando os mais longínquos lugarejos de sua diocese, entre neves dos Andes e desertos tórridos do Pacífico, administrando o sacramento da confirmação a noventa mil pessoas. Como principal chefe da Igreja da América, dedicou-se a aplicar a reforma de Trento, enfrentando a vice-reis e o próprio rei.

Os dez Concílios diocesanos e os três provinciais que celebrou formaram a estrutura legal da Igreja da América espanhola. Eis uma de suas frases mais freqüentes: O tempo não é nosso e dele haveremos de dar conta”. É conhecido como o apóstolo do Peru. Faleceu em uma quinta-feira santa. Após sua morte os agostinianos tocava ao som da harpa os salmos 116 e 31. Foi canonizado em 1726.

Oração do Santo Turíbio de Mongrovejo: Ó Deus, que aos vossos pastores associastes São Turíbio de Mogrovejo, animado de ardente caridade e da fé que vence o mundo, daí-nos, por sua intercessão, perseverar na caridade e na fé, para participarmos de sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Devoção: À luta pela causa da Igreja

Padroeiro: do Peru

Outros Santos: São Afonso,(arceb); José Oriol, Juliano (confes); Félix, Vitoriano, Flumêncio, Fidélis, Liberato, Dionísio, Nicão, Pelágia, Aquina (mártires); Bento (monge); Lia (veneranda); Dimas, “O bom ladrão”.

CategoriasSem categoria