São Atanásio

Dia 02 de maio

História: Santo Atanásio, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja, presenciou ainda jovem ao Concílio de Nicéia, onde foi definida a divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, consubstancial ao Pai.

Toda a vida de Santo Atanásio resume-se na proclamação dessa grande verdade de fé contra a heresia ariana, que chegou a dominar a hierarquia eclesiástica de quase todo o mundo.

Como bispo de Alexandria, durante 45 anos combateu arduamente pregando e por meio de escritos. Sofreu por essa razão cruéis perseguições e calúnias, sendo cinco vezes desterrado de sua pátria, refugiando-se em desertos.

Em uma dessas ocasiões, esteve com Santo Antão, cuja vida ele escreveu mais tarde. Santo Atanásio é uma figura de proa na luta contra as heresias que se abateram sobre a Igreja a partir do Edito de Milão (313).

A Igreja viu-se obrigada a refletir de modo sistemático a fé recebida dos apóstolos, a formular com mais precisão os dogmas a respeito da divindade de Cristo. Atanásio foi o pivô de toda a discussão, preservando intacta na Igreja esta verdade teológica: Cristo é verdadeiramente homem e verdadeiramente Deus.

Oração de São Atanásio: Deus, nosso Pai, cremos com toda a mente e com todo o coração que Jesus, vosso Filho, é verdadeiramente homem e verdadeiramente Deus. É o “Verbo de Deus que se fez carne e habitou entre nós …”. É a Ternura e a Misericórdia do Pai manifestada aos homens, aos homens de boa vontade, amantes da justiça e da verdade. É o Ressuscitado que caminha junto com o povo na sua luta de libertação, continuamente nos convocando à comunhão e à fraternidade. Pelo seu Espírito confessamos: Jesus é o Senhor.

Devoção: À divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo

Padroeiro: Dos perseguidos pela fé

Outros Santos do dia: Vindemial (bispo), Félix, Flamília, Saturnino, Neópolo, Germano e Celestino, Exupero, Zoé, Ciríaco e Teódulo, Florêncio, Eugênia e Longinos (mártires); Antonio (conf); Daniel e Raquele (monge).