São Gregório VII

Dia 25 de maio

História: Nascido de uma família pobre, chamava-se Hildebrando. São Gregório VII foi monge beneditino e fez um estágio no famoso Mosteiro de Cluny, do qual era Abade, São Hugo.

Foi colaborador do Papa São Leão IX e mais tarde ascendeu ao trono pontifício, no qual desenvolveu um grande plano de reformas, para revigorar o fervor e a disciplina da Igreja e para defendê-la contra as ingerências do poder civil.

Ao ser eleito papa, tomou o nome de Gregório VII, em 30 de junho de 1073 a 25 de maio de 1085. Enfrentou com grande coragem e firmeza o imperador alemão Henrique IV e sofreu perseguições, não sendo poupado pela calúnia.

Em 1075 São Gregório VII escrevia ao amigo São Hugo, abade de Cluny: “Estou cercado de uma grande dor e de uma tristeza universal, porque a Igreja Oriental deserta da fé; e se olho das partes do Ocidente, ou meridional, ou setentrional, com muito custo encontro bispos legítimos pela eleição e pela vida, que dirijam o povo cristão por amor de Cristo, e não por ambição secular”.

Esta decadência era conseqüência direta das investiduras, que consistiam no ato jurídico pelo qual o rei ou nobre confiava a uma autoridade eclesiástica um cargo da Igreja com jurisdição sobre um território.

Em virtude do sistema feudal, os eclesiásticos eram obrigados a prestar juramento de fidelidade ao rei ou aos nobres. O símbolo desta luta foi a humilhação a que se obrigou Henrique IV, imperador da Alemanha, e para que o Papa lhe retirasse a pena de excomunhão, apresentou-se ao Pontífice vestido de saco, descalço, com uma corda no pescoço e ajoelhou-se diante dele.

A luta não terminou ali. Henrique IV vingou-se. Fez-se coroar por um antipapa e marchou contra Roma. Abandonado por todos, até pelos cardeais, São Gregório morreu no exílio, pronunciando as célebres palavras: Amei a justiça e odiei a iniqüidade, e por isso morro no exílio.

Morreu fora de Roma, pronunciando a célebre frase: “Amei a justiça e odiei a iniqüidade; por isso morro no exílio”. É sem dúvida um dos maiores Papas de toda a História da Igreja.

Oração de São Gregório VII: Meu Senhor, pelos méritos do Santo papa Gregório VII, eu Vos peço maior fidelidade à Vossa Doutrina e aos Vossos ensinamentos. Peço-Vos perdão pelas vezes em que não colaborei na construção de uma Igreja mais unida e fraterna. Rogo a Virgem Maria, Mãe da Igreja, que interceda por mim junto a Vós, para que meu testemunho seja verdadeiramente cristão. Assim seja. São Gregório VII, rogai por nós.

Devoção: À propagação da fé

Padroeiro: Das reformas da Igreja

Outros Santos do dia: São Beda (presb); Urbano, Bonifácio IV( Papas); Maria Madalena de Pazzi, (virgem); Madalena Sofia (fund); Besmes, Dionício, Zenóbio (bispos); Pasícrates, Valêncio, Máximo, Venerando (mártires); Vicenta (fund); Ema (abadessa).