São Ivo de Kermantin

Dia 19 de maio

História: Aos 14 anos São Ivo de Kermantin foi a Paris onde cursou filosofia e teologia, direito civil e direito canônico.

Ordenado sacerdote, por quatro anos foi juiz eclesiástico na diocese de Rennes. Era chamado o Advogado dos Pobres. Um dia São Ivo de Kermantin livrou uma pobre mulher da prisão, quando lhe faltava apenas o veredicto final.

Dois farsantes haviam entregue à ela uma mala com ouro e dinheiro, para que a guardasse e somente a entregasse na presença dos dois.

Passados alguns dias, os ladrões levaram adiante o seu plano: o primeiro conseguiu que a mulher lhe entregasse a mala e o segundo a levou ao tribunal, acusando-a de roubo.

Compadecido dela, Santo Ivo foi ao tribunal e disse: “Esta mulher sabe onde se encontra a mala e está disposta a exibi-la”. Pediram então que ela a mostrasse. Santo Ivo acrescentou, então: “Uma vez que a acusada somente pode devolver a mala na presença dos dois interessados, fica o demandante obrigado a apresentar o seu companheiro neste tribunal; “Santo Ivo granjeou a estima de todos pela integridade de vida e pela imparcialidade de seus juízos.

Ele próprio ia buscar nos castelos o cavalo, o carneiro roubado dos pobres sob o pretexto de impostos não pagos. É um dos mais populares santos da Bretanha. Pode-se dizer que toda a sua vida foi dedicada à prática da virtude da Justiça, como advogado e depois como sacerdote e juiz eclesiástico.

Atendia gratuitamente aos pobres e desvalidos, dando-lhes orientação jurídica segura para que seus direitos fossem respeitados. São Ivo de Kermantin faleceu aos 50 anos, e já em vida gozava de fama de grande santidade.

Oração de São Ivo de Kermantin: Glorioso Santo Ivo, lírio da pureza, apóstolo da caridade e defensor intrépido da justiça, vós que, vendo nas leis humanas um reflexo da lei eterna, soubestes conjugar maravilhosamente os postulados da justiça e o imperativo do amor cristão, assisti, iluminai, fortalecei a classe jurídica, os nossos juízes e advogados, os cultores e intérpretes do Direito, para que nos seus ensinamentos e decisões, jamais se afastem da eqüidade e da retidão. Amem eles a justiça, para que consolidem a paz; exerçam a caridade, para que reine a concórdia; defendam e amparem os fracos e desprotegidos, para que, pospostos todo interesse subalterno e toda afeição de pessoas, façam triunfar a sabedoria da lei sobre as forças da injustiça e do mal. Olhai também para nós, glorioso Santo Ivo, que desejamos copiar os vossos exemplos e imitar as vossas virtudes. Exercei junto ao trono de Deus vossa missão de advogado e protetor nosso, a fim de que nossas preces sejam favoravelmente despachadas e sintamos os efeitos do vosso poderoso patrocínio. Amém.

Devoção: À justiça e a caridade

Padroeiro: Dos advogados, juizes e crianças abandonadas

Outros Santos do dia: Imcaulado Coração de Maria, São Cipriano (padroeiro da África dop Norte); São Celestino V (papa); São Crispim de Viterbo (rel); São Teodoro (bispo); Pudenciana, Pudêncio, Ciríaca (virgens); Cológero, filotero, Partênio (mártires); Dunstano, Ivo, Evinaio, Claudia,k Bernado, Graça e Maria, Teófilo de Corte, Adolfo e Ratão (confs).