São João Batista de Rossi

Dia 23 de maio

História: Aos 13 anos de idade São João Batista de Rossi foi para Roma, onde se estabeleceu definitivamente.

Em 1721, foi ordenado sacerdote. Criou a Pia União de Sacerdotes Seculares, a Casa de São Luiz Gonzaga (para moças carentes), Casa de Santa Galla (para rapazes).

São João Batista de Rossi foi um mestre de espiritualidade. Sua ação apostólica fez-se notar sobretudo junto ao povo simples. Sua gente eram os pobres, os presos, os marginalizados, os desvalidos.

Morreu tão pobre que seu enterro foi custeado pela caridade alheia. Sacerdote, São João Batista de Rossi passou quase toda a vida em Roma, onde praticou eminentes atos de caridade e serviço aos pobres e aos prisioneiros.

Foi um grande apóstolo do confessionário. É considerado o São Vicente de Paulo de Roma ou herói da Caridade. Foi canonizado a 8 de dezembro de 1881 por Leão XIII.

Oração de São João Batista de Rossi: Senhor, pela intercessão de São João Batista de Rossi, Vos peço o dom da Fortaleza para que eu possa enfrentar, com Mansidão, as dificuldades diárias. Com a mesma fé de tão nobre alma, rogo-Vos pela graça de que tanto necessito. Desde já eu Vos agradeço, meu Senhor e meu Deus, pelos cuidados que tendes por mim. Amém. Maria, Socorro dos Aflitos, rogai por nós.

Devoção: À caridade e ao sacramento da confissão

Padroeiro: Da caridade

Outros Santos do dia: Aparições de Tiago Apóstolo; Desidério, Epitácio. Miguel, Eusébio, Mercurial (bispos); Basileu, Lúcio de Quinciano, Julião (mártires); Eutíquio, Severino, Siágio, Pôncio e Florêncio (monges).