São José Pignatelli

Dia 14 de novembro

História: De família napolitana, pertencia a nobreza mais antiga. Quando estava com 4 anos de idade sua mãe faleceu e ele passou a morar com sua irmã, a condessa de Acerra.

Com 16 anos de idade decidiu entrar na Companhia de Jesus. Seu caráter, santidade, elegância e distinção, mesmo na humildade e na caridade e confiança plena em Deus, fez dele um dos santos mais representativos do século XVIII.

São José Pignatalli foi um dos que mais contribuiu para a restauração da Companhia de Jesus Preso e expulso da Espanha juntamente com outros jesuítas em 1767, refugiou-se em Ferrara nos Estados Pontifícios, até que, em 1773, Clemente XIV extinguia a ordem.

Anos difíceis, cheio de temores e perseguições. Porém a ordem dos Jesuítas fora preservada na Rússia e Pignatelli esperou pacientemente pelo retorno da ordem dos jesuítas em Nápoles assim como em todo o Ocidente: em Nápoles viu esse ideal acontecer em 1808, mas morreu antes da restauração definitiva no mundo, realizada pelo Papa Pio VII em 1814.

Oração de São José Pignatelli: Deus, nosso Pai, dai-nos humildade para que possamos experimentar o dom de perdoar a quem nos ofendeu, a quem nos machucou e feriu por dentro, pois assim alcançaremos a remissão para nossos pecados. Ensinai-nos a perdoar, pois o perdão é a medicina que nos sara por dentro e nos previne contra atrozes sofrimentos. Perdoar é o refrigério que aplaca a ardência de mágoas e desejos de vingança. Perdoar o outro é alcançar de Deus o perdão de nossos pecados.

Lembremo-nos da parábola do servo cruel (Mt 18,23ss), quando o Senhor, cheio de compaixão, perdoou toda a dívida do servo, deixando-o ir em paz. Mas este, esquecido de que tinha sido perdoado, meteu na prisão o amigo que lhe devia apenas alguns vinténs: “Servo mau, eu te perdoei toda a dívida porque me suplicaste. Não devias também tu compadecer-te de teu amigo, como eu tive piedade de ti?” Ensinai-nos a ultrapassar as coisas envelhecidas, as idéias preconceituosas, os condicionamentos que nos amarram, as tiranias que nos oprimem. Busquemos a verdade que nos liberta e tirai de nossos olhos as traves que nos cegam.

Devoção: A luta pela verdade

Padroeiro: Dos órfãos

Outros Santos do dia: Hipacio (bispo); Serapião, Veneranda (Vg); Venerando, Clementino, Teodoro, Filomena (márts.); Jacundo, Lourenço, Alberico, Andrômio, Antígio (bispos).