São Juliano Mártir

Sao_Juliano_MartirDia 09 de Janeiro

História: Em certa ocasião alguém mencionou que ele um dia mataria seus pais. O jovem assustado, chegou a fugir de casa, por temer a si mesmo – sua sensibilidade o fazia crer facilmente.

 Foi então para longe, tornou-se muito rico, casando-se com uma viúva , dona de muitas posses. Os pais partiram em busca do filho e chegaram muito cansados no castelo.

Como o filho não estava, a amável esposa fez questão de hospedá-lo em seu próprio casal. De amanhã a castelã foi à Missa e Juliano entrou de surpresa ao quarto para acordar a esposa. No entanto viu duas pessoas dormindo ali!

Pensando que a esposa o traíra, tirou a espada e matou a ambos. Após ver o que tinha feito, com muita tristeza a esposa e ele deixaram o castelo após os funerais e fundaram um hospital em reparação ao que tivera cometido.

Acolhiam a indigentes, doentes: Juliano dedicava-se aos homens e a esposa, Balissa, tratava as mulheres. Aquilo chamou a atenção de lideres pagãos e o prefeito Marciano mandou matar a ambos, juntamente com muitos outros cristãos.

Oração de São Juliano Mártir: São Juliano, vós que fostes esmagado pela dor do sucedido e para penitenciardes deixastes todo o farto luxo de seu castelo para cuidar dos mais necessitados junto a vossa santa esposa louvo a Deus por vossa vida, mesmo com um fatalidade tão dramática. Mas soubestes ambos perseverar no bem e não tivestes medo de oferecer-vos em holocausto pelo amor à justiça de Deus. Nada mais é agradável a Deus, do que um coração realmente contrito. Que recebamos a graça de perceber claramente os nossos erros e a graça de um arrependimento tal como tivestes. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.

Devoção: À fé cristã e aos indigentes doentes e famintos

Padroeiro: Dos contristados de coração

Outros Santos: Eulógio de Córdoba (bispo e Mártir); Pedro, Marcelino (bispo), Baselisa, Marnato; Anastácio, Marciolina, Epicleto, Jocundo, Segundo, Pusilana e Favila (mártires); Adriano (abade)

CategoriasSem categoria