São Pedro Maria Chanel

Dia 28 de abril

História: Em 1824, São Pedro Maria Chanel ingressou no seminário de Bourg e em 1827 foi ordenado sacerdote.

Foi vigário de Amberieu e de Gex. Entrou, depois, para a Sociedade de Maria, sob a guia do Padre Colin. Em 1837 partiu em companhia de um confrade leigo para Futuna, uma pequena ilha no Oceano Pacífico, no arquipélago de Tonga.

Sua pregação logo produziu frutos abundantes entre a geração jovem da ilha. Mas logo vieram a reação e a oposição dos líderes mais antigos, segundo eles ciosos de suas tradições e costumes, ameaçados pelo “sacerdote branco”.

São Pedro Chanel foi avisado pelos amigos do risco que corria e para que deixasse a ilha, São Pedro M. Chanel ignorou o aviso e decidiu permanecer e continuar a pregação. Foi morto a golpes de “tacape” no dia 28 de abril de 1841. Seu sacrifício não foi em vão. A semente de sua pregação germinou e todos os habitantes acolheram o cristianismo.

Oração de São Pedro Maria Chanel: Deus, nosso Pai, São Pedro Maria Chanel encontrou a razão de sua existência no anúncio do vosso Reino. Mediante a sua pregação, a vossa Palavra penetrou os corações e transformou a vida daqueles que ainda não vos conheciam. Senhor, o vosso Evangelho é a força viva e poderosa que faz renascer uma humanidade nova com homens novos, chamados a uma nova maneira de ser, julgar, viver e conviver (Documento de Puebla 350). Nós vos louvamos e agradecemos, porque em Jesus Cristo, vosso Filho, feito homem, “morto e ressuscitado”, todos somos chamados à salvação, que é dom da vossa graça e da vossa misericórdia. Sejamos para nossos irmãos, portadores da vossa Boa Nova, da alegria e da esperança que nos confere a fé.

Devoção: À pregação da palavra de Deus mesmo que lhe custasse a vida.

Padroeiro: Da Oceania

Outros Santos do dia: Prudêncio, Panfílio (bispos); Marcos, Patrício (bispos); Teodora e Dídimo (mártires); Acácio, Menando, Poliene, Afrodisio, Caralipo, Agapito, Eusébio, Polião, Vidal, Valério, Urssino (mártires).